in ,

Le Cordon Bleu: Conheça a Lendária Escola de Gastronomia Francesa

le-cordon-bleu-capa

Nesse artigo vamos te contar tudo sobre a escola Le Cordon Bleu. Quando surgiu, quais são os seus programas, como funciona e até quem são os alunos famosos que estudaram lá. Vamos nessa?

Quem é apaixonado por gastronomia e pensa em aprofundar os seus estudos sobre o tema, reconhece que a Le Cordon Bleu é referência no que se trata de ensino. A escola segue firme ditando tendências a mais de um século, desde 1895, e até hoje influencia a gastronomia francesa e mundial.

Caso você queira saber sobre um tópico específico da escola, pode pular direto para ele utilizando o índice interativo abaixo:

le-cordon-bleu-paris

A França e a História da Sua Culinária

A França sempre foi conhecida por ser o país de grandes chefes da história no mundo, assim como também os seus típicos pratos gastronômicos, uma vez que seus costumes com grandes banquetes realizados na idade média, começaram a se destacar na Europa ocidental

Naquela época, os seus pratos eram caracterizados por suas elaborações imponentes e extravagantes, visando não apenas agradar ao paladar dos grandes lordes e da burguesia, mas também encantar a todos por suas formas e apresentações dignas da realeza.

À medida em que o mundo se globalizava, a alta gastronomia da França começava a se espalhar e encantar a todos e em todos os cantos do mundo, com os seus pratos sendo cogitados por restaurantes da mais alta classe, até os mais singelos e cheios de personalidades de seus “restaurant”.

Com isso, grandes revoluções na culinária foram surgindo, tornando a experiência da comida francesa cada vez mais sofisticada e requisitada em outros países.

A Alta Cozinha Francesa

Por conta da agilidade e do rotativismo dos restaurantes, as iguarias culinárias por eles preparadas passaram da fartura de alimentos para as mais delicadas e elaboradas porções de especiarias degustativas que por sua vez representavam classe e sofisticação, com a mais pura personalidade francesa.

Com o passar do tempo, em um período de 500 anos, surgiram em todo o território francês diversos restaurantes e centros especializados no preparo e nas apresentações das grandes obras gastronômicas.

Essa explosão de restaurantes atraiu a atenção de chefs experientes e apreciadores da arte de cozinhar, além de chefs inexperientes e pessoas amadoras no ramo em todos os cantos do mundo.

E com isso surgiu o renomado colégio de culinária francesa “Le Cordon Bleu”, em Paris.

A História da Le Cordon Bleu

Conhecido mundialmente por sua excelência no domínio de técnicas e instruções direcionadas ao ensino e hospitalidade da culinária parisiense e francesa, “Le Cordon Bleu” teve origem na cidade de Paris.

Por conta de uma tradição local que teve início no século XVI com um grupo de homens que fazia parte da cavalaria francesa com ordem intitulada como “L’Ordre des Chevaliers du Saint-Esprit”.

Esse nome incomum para a ordem surgiu no dia que se comemora a Páscoa, mundialmente conhecido como o feriado religioso católico, tendo como o nome “Le Cordon Bleu” ou na tradução para o português “a fita azul”, uma vez que em seu símbolo se utilizava uma fita azul.

Os encontros que por eles eram promovidos e marcados por seus mirabolantes banquetes, eram repletos por pratos e criações gastronômicas de grande magnificência e riqueza, que ficaram conhecidos como “Cordon Bleu” ou cordão azul.

Em vista desse marco significativo, a escola de nível internacional foi fundada pela jornalista e também editora da revista “La Cuisiniére Cordon Bleu”, Marthe Distel, com o intuito de promover orientações e sugestões de grandes chefes franceses de renome em todo o país

Um Grande Sucesso

A jornalista Marthe Distel não demorou muito para abrir a primeira filial do instituto e escola de culinária francesa na cidade de Paris em 1895.

A partir disso, com tamanho crescimento e sucesso da academia, a Le Cordon Bleu passou a ser presente não apenas no território parisiense, como também passou a ser conhecido e inserido no mercado gastronômico em todo os continentes.

Inicialmente se espalhou por países da Europa como o Reino Unido, depois por países da América do Norte e Sul como o Canadá, o México, o Brasil e o Peru. Em seguida países da Ásia e Oceania como o Japão, a Malásia, a Coreia do Sul, a China, a Índia, as Filipinas, o Líbano e a Austrália.

Le Cordon Bleu passou a ser considerado um dos mais importantes institutos de culinária francesa por sua metodologia exclusiva e domínio das técnicas no setor de “Cuisine” da França.

A Importância da Le Cordon Bleu Para a Cozinha Francesa

Protetora das instruções da cozinha francesa, resguardadas e transmitidas por meio de seus programas de obtenção de diplomas a nível internacional, tem foco nos diversos tipos de preparo da comida francesa, com forte apelo ao conceito da apreciação da arte culinária da França, que é internacionalmente conhecida.

A Le Cordon Bleu revolucionou a ideia de cursos profissionalizantes voltados para o meio gastronômico e hoteleiro, permanecendo fiel às crenças ideológicas quanto à produção e práticas de excelência ensinadas aos integrantes do programa.

O Propósito Por Trás da Escola

O intuito da escola é proporcionar aos alunos o ensino de mais alto nível da culinária francesa, através dos cursos graduação e mestrado, permitindo o ingresso de estudantes amadores ou profissionais, com o objetivo de se especializarem.

O método de ensino implantado tem base na aplicação dos conhecimentos adquiridos nos exercícios de observação para a prática pelo método de aprender e reproduzir.

Após a conclusão, é possibilitado aos alunos a obtenção do diploma de chef intitulado como Le Grand Diplôme Le Cordon Bleu em um período de 12 meses, com o alcance de uma vasta experiência proporcionada pelo curso em suas disciplinas e aulas práticas.

A Importância da Escola para os Alunos

No ambiente gastronômico do mundo globalizado, no contexto do século XXI, a exigência das grandes feiras e restaurantes de renome por grandes nomes da culinária internacional é algo muito comum e requisitado, dada a importância de se obter vagas em posições de mérito sucesso na cozinha profissional.

Por conta disso, o Le Cordon Bleu se certifica que seus acadêmicos estejam munidos de uma didática excepcional, de um aprendizado consistente e com o suporte de recursos focados em uma ótima base para alavancar a carreira dos profissionais recém formados.

Além disso, a escola gastronômica se preocupa em ajuda-los a alcançar sucesso na profissão, exigidos por todo o setor da gastronomia no mercado que gere o oficio de ser cozinheiro de grandes centros culinários.

Separamos um vídeo super legal da Elisa Fernandes, onde ela dá um depoimento sobre como é estudar na Le Cordon Bleu França:

Le Cordon Bleu – Da França Para o Mundo

O sucesso do perfil universitário foi de tamanha proporção, que o Le Cordon Bleu ampliou suas vertentes e se tornou uma rede de diferentes áreas, com ramificações que passam por inúmeros restaurantes, cafés e confeitarias.

Além disso, possui um alcance de conteúdos exclusivos no mundo digitalizado através de publicações em redes sociais, conteúdos em websites, produção de vídeos por meio de plataformas de ensino e pesquisa, web séries, assim como também, a disponibilização de materiais e utensílios da cozinha profissional.

O instituto de Le Cordon Bleu, por ser portador de tamanha influência no mundo da culinária francesa e mundial, frequentemente é convidado a compartilhar ensinos e experiências em diferentes eventos internacionais.

Com isso, foi possível fazer acordos com inúmeras organizações, institutos e governos, criando alianças que possibilitaram a criação da “Art de Vivre Francesa”, fazendo referência ao estilo de feira gastronômica que possibilita ao visitante a arte de apreciar, conhecimento e degustação das diferentes formas de preparos e tipos de comidas e bebidas sofisticadas.

O Grande Diferencial

Um dos diferenciais desse núcleo de ensino da gastronomia parisiense e francesa é o fato de proporcionar oportunidades no ingresso de profissionais da área, com o objetivo de se os tornar experientes no mercado.

O curso também abrange o público vindo de outras áreas profissionais e com sonhos de se tornarem chefs tanto por hobby quanto para migrar para o mundo gastronômico na expectativa de se realizarem profissionalmente, e fazerem parte do mundo dos grandes restaurantes em todo o mundo.

Deste modo, o instituto conta com vários tipos de programas profissionais que possibilitam a esses estudantes a tão sonhada carreira no universo da gastronomia.

le-cordon-bleu-capa

Os Programas de Aprendizado e os Diplomas

Os programas disponibilizados pela escola são de grande variedade, como os cursos de gestão de hotéis e restaurantes, o food styling, os serviços de alimentação, cursos de jornalismo e consultorias e serviços de bufê, assim como também as cozinhas de grandes restaurantes.

Com isso, o Le Cordon Bleu possibilita uma experiencia gastronômica diferenciada por meio de seus programas como o cuisine, a pâtisserie, o boulangerie & viennoiserie, o gourmet, e cursos de curta duração, além é claro de cursos disponíveis em plataformas online.

Cada um desses cursos, seja de forma singular ou de forma mesclada entre si, assegura experiências e vivências únicas para cada discente na instituição.

Programas Le Cordon Bleu

Cuisine

Começando pelo Programa de Culinária Cuisine, que traduzido para o português significa cozinha. Quem escolhe o programa com o intuito de conseguir o Diplôme de Cuisine é encaminhado para a obtenção de três níveis de certificado, sendo de forma consecutiva o curso Basic Cuisine, o Intermediate Cuisine e o Superior Cuisine.

A junção desses três níveis de dificuldade capacita o estudante a adquirir o Diplôme Cuisine. Além do Diplôme de Cuisine, existem mais dois diplomas a serem conquistados, que são eles o Grand Diplôme e o Diplôme CordonTec.

O primeiro deles, o Grand Diplôme, com duração mínima de apenas nove meses, possibilita a experiência de se tornar um chefe profissional, sendo de forma completa se fizer a combinação do Diplôme de Cuisine com o Diplôme de Pâtisserie, para que alcance a formação integral da gastronomia francesa.

E por seguinte, o Diplôme CordonTec, que pode durar aproximadamente um ano, propicia ao estudante as experiências e habilidades necessárias para a execução dos métodos da cozinha universal, aprimorados nas cozinhas profissionais disponibilizadas pelo instituto na qualificação das técnicas avançadas.

O Patisserie

O segundo programa do instituto é o Pâtisserie, conhecido na língua portuguesa como o programa de pastelaria, que assim como o Diplôme Cuisine, disponibiliza três níveis de qualificação para a obtenção do Diplôme Pâtisserie. Cada nível tem duração de três meses, sendo eles os níveis Basic Pâtisserie, Intermediate Pâtisserie e o superior Pâtisserie.

A Le Cordon Bleu também é pioneira no que diz respeito ao ensino da gastronomia francesa e brasileira no Brasil, onde promove oportunidades de aprendizados com base na ideologia do instituto de observar, entender e reproduzir com base na prática cotidiana.

Alunos Famosos da Le Cordon Bleu

O Le Cordon Bleu em toda a sua trajetória contou com nomes importantes da culinária em suas instalações como estudantes da gastronomia francesa, como por exemplo o chef Paul Bocuse, que por conta da grande influência, se tornou o criador do nouvelle Cuisine.

Além de Paul, o Le Cordon Bleu dispôs de nomes reconhecidos nos dias atuais pelo mundo da gastronomia, mas também por pessoas sem conhecimento da área.

Um dos nomes importantes que passou pelo Cordon Bleu foi o famoso chef Erick Jacquin, naturalizado brasileiro e jurado da versão brasileira do famoso reality show de culinária “Master Chef Brasil”, além também da Lady Diana, princesa de Gales do Reino Unido.

La Boutique – Vendendo a Gastronomia Francesa

Le Cordon Bleu ainda possui a “La Boutique”, que faz parte da rede das várias vertentes ofertadas pela instituição.

Por sua vez, a La boutique é responsável por uma gama de produtos que variam entre livros, midiaplay de âmbito educacional e informativo, produtos da gastronomia francesa e utensílios da cozinha profissional com o toque da sofisticação e glamour da Art de Vivre Francesa.

Portanto, a escola de gastronomia francesa Le Bordon Bleu buscou por toda a sua trajetória passar para o seu público alvo os princípios de excelência através da produção de pratos selecionados a dedo para a composição de cardápios de grandes redes de restaurantes mundo a fora.

Conclusão: Le Cordon Bleu

A culinária francesa sempre teve a necessidade de fazer pratos com um paladar refinado e detalhes que enchem os olhos. Assim como também a paixão pela história do país, que tem como a capital Paris, mais conhecida como a cidade do amor.

Os franceses passam de geração para geração os costumes e tradições refletidos sua gastronomia que é acolhedora, ao mesmo tempo em que é sofisticada e exuberante.

Além, é claro, das características fundamentais para ser considerada culinária francesa que são a modernidade dos pratos elaborados e a criatividade. Mas os franceses não deixam de lado as tradições, o que confere identidade única aos seus pratos e atrai os olhares dos admiradores e críticos do mundo todo.

O que você acha?

1k Points
Upvote Downvote

Escrito por A Cozinha Francesa

A Cozinha Francesa é um site que existe para demonstrar todo o amor que temos por essa gastronomia maravilhosa. Aqui você vai encontrar receitas, dicas, ingredientes e tudo que gira em torno da cozinha francesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

champanhe champagne capa

Champanhe: Tudo Sobre Essa Bebida de Reis [2022]

alain-passard

Alain Passard – O Gênio Dos Vegetais